Carrinhos de supermercados

Carrinhos de supermercado são uma “mão na roda” na hora de ir às compras. Apesar dos problemas gerados pela má manutenção dos carrinhos, ainda assim utilizamos muito esta ferramenta que os lojistas disponibilizam.

No entanto, a má manutenção é um problema pequeno perto do levantado pelo Dr. Marcelo Sandrin, presidente do Hospital Beneficente Santa Helena.

Os carrinhos, segundo ele, são um abrigo para todo tipo de bactérias. A má higienização destes, já que são usados por muitas pessoas durante muito tempo, pode favorecer o aparecimento de bactérias que transmitem doenças como gripe, diarreia, conjuntivite e até mesmo infecções mais críticas.

Embora não faça parte dos hábitos de grande parte da população, é necessário redobrar os cuidados na hora de realizar as compras. Evitar o contato das crianças com o carrinho, proteger os alimentos do contato direto com o carrinho e higienizar as mãos após o manuseio já são boas práticas para evitar contaminações.

“Os clientes também precisam estar atentos ao circular pelos estabelecimentos, lavar bem as mãos antes e após tocar em objetos de uso coletivo, não utilizar carrinhos danificados, enferrujados, descascados e ou com sujidade aparente. E mais: não se deve colocar crianças dentro dos carrinhos. É importante, ainda, evitar a colocação do alimento em contato direto com superfícies do supermercado”, afirma o médico.

A Oppacart possui diversos tipos de acabamento para os cabos dos carrinhos que aumentam a sua vida útil através de camada extra de proteção.
Existem também produtos antimicrobianos que podem ser usados nas peças plásticas, no acabamento de pintura dos carrinhos e que evita a proliferação das bactérias.
A higienização frequente da frota, auxiliar na diminuição da proliferação das bactérias.